GH Higiene Ocupacional

Engenharia e Segurança no Trabalho

Investigações de acidentes, gestão de terceiros, lockout tagout (bloqueio de energia), inventários e memoriais de espaços confinados e altura, gestão de acidentes, PAE – Plano de Atendimento a Emergências e outros).

Desenvolvemos uma investigação minuciosa de acidentes do trabalho de qualquer gravidade, sem afastamento, com afastamento e morte decorrente a atividades profissionais. Investigamos também as causas de adoecimento no ambiente de trabalho, verificando todo o histórico ocupacional do colaborador.

Usamos de ferramental para as investigações a metodologia A3 de resolução de problemas. Todas nossas analises são realizadas em conjunto com o cliente enossa equipe técnica, engenheiros do trabalho, médicos, técnicos e outros profissionais de acordo com a necessidade da investigação.

Ajudamos a sua empresa definir uma sistemática de avaliação de seus fornecedores e prestadores de serviço, no monitoramento e cumprimento dos requisitos legais aplicáveis a Saúde e Segurança do trabalho.

O objetivo deste programa é estabelecer metodologia para controlar e minimizar os riscos relacionados com fontes de energia perigosa associados aos serviços, manutenção e operação de equipamentos e máquinas realizados por trabalhadores: efetivos, e prestadores de serviços fornecendo os requisitos mínimos referentes à execução dos trabalhos e determinar as medidas de proteção coletiva e individual; Prevenir que energias sejam acidentalmente liberadas enquanto uma máquina ou equipamento estiver em serviços para Manutenções, Limpezas e lubrificações; Garantir que o acionamento inesperado de máquinas e equipamentos aconteça durante serviços ou atividades de manutenção; Proteger os equipamentos contra danos, bem como a saúde e segurança dos colaboradores.

Elaboramos o passo a passo para execução de qualquer atividade de forma segura. Analisando todos os aspectos e impactos, perigos e riscos, segurança ocupacional das atividades de uma organização. Objetivo é a padronização da tarefa na forma segura, proteção dos trabalhadores e do patrimônio da organização.

Estabelecer a metodologia para minimizar os riscos associados a espaços confinados e atividades em altura aos trabalhadores que executam essas atividades de risco, sejam eles efetivos,  terceiros e prestadores  de serviços. Vamos  fornecer todos os  requisitos mínimos  referentes à execução  dos trabalhos e determinar as medidas de proteção coletiva e individual. Nos nossos memoriais irão estabelecer os requisitos para identificação de espaços confinados e lugares de atividades em altura, reconhecimento, monitoramento e controle dos riscos existentes, de forma a preservar a segurança e saúde dos trabalhadores.

Realizamos o levantamento dos valores térmicos em que o colaborador se encontra exposto. A exposição ao calor radiante gera desconforto térmico sendo necessária uma avaliação quantitativa para elaborar condições adequadas para realização de suas tarefas diárias, garantido melhor qualidade e eficiência. O desconforto térmico pode interferir diretamente no rendimento da produção devido ao maior desgaste físico e gerar uma maior suscetibilidade ao risco de acidente. Através desse estudo o empregador pode tomar medidas para atenuar a exposição ao calor de seus colaboradores, como pausas, revezamento, reidratação e etc.

O critério de avaliação da exposição ocupacional ao calor adotado é disposto no Anexo nº 3 da NR -15 e NR-09, dados pela Portaria nº 1359/2019 e NHO 06 da Fundacentro – AVALIAÇÃO DA EXPOSIÇÃO OCUPACIONAL AO CALOR, de 2017. Ambas as bibliografias requerem a avaliação através do “Índice de Bulbo Úmido – Termômetro de Globo” – IBUTG.

O laudo que diz respeito ao anexo n°8 da NR 15, do MTE, trata-se de Avaliação Quantitativa de Exposição às Vibrações, sejam elas de Vibrações de Mãos e Braços – VMB ou Vibrações de Corpo Inteiro – VCI. Este laudo técnico é o documento de fundamental importância para sabermos se os funcionários estão expostos a níveis acima ou abaixo dos limites de tolerância. A análise quantitativa é feita por um acelerômetro VCI e VMB.

Realizamos avaliação de dosimetria de jornada integral, atendendo o disposto na NR15 anexo n°1 para ruídos contínuos, impacto anexo n° 2, previdenciária NHO e de ergonomia.

Precisa de ajuda com seus planos de engenharia e Segurança no Trabalho?

Nossa equipe está a disposição para assessorar sua empresa do que for preciso.

Fale conosco!